Blog

7 cachoeiras em São Paulo para você conhecer

3 cachoeriras em São paulo para você conhecer
Conheça incríveis e belas cachoeiras de São Paulo.
Quem disse que não há natureza em São Paulo? Engana-se quem acredita que o Estado não desfruta de recursos naturais por ser conhecido como a “selva de pedra”, devido ao grande número de prédios, comércios e trânsito caótico. Na verdade, o lugar é repleto de opções maravilhosas que prometem ser um ótimo destino para você se refrescar naqueles dias de calor.

Uma das maiores atrações da região, as cachoeiras encantam visitantes de todo o mundo e são o tipo ideal de passeio para quem não quer ir muito longe ou prefere viagens curtas. Além disso, o acesso, na maioria das vezes, se dá por meio de trilhas, que garantem um espetáculo à parte.

Portanto, se você quiser se distrair um pouco e aproveitar a natureza, neste artigo, listamos algumas cachoeiras em São Paulo que você precisa conhecer. Confira!

1. Cachoeira do Corisco

Cachoeira do Corisco, uma das mais belas de São Paulo.
Cachoeira do Corisco ótima para se divertir com amigos.
A Cachoeira do Corisco não está na primeira posição da lista por acaso. O local é realmente um dos mais bonitos de São Paulo, o que é comprovado por uma belíssima vista do mirante em madeira que mostra seus 106 metros de queda. O mais bacana é que a cascata fica bem no centro de cânions, tornando-se o lugar perfeito para tirar fotos incríveis, dignas de cartão-postal.

Ela está localizada perto da divisa com o Paraná, tendo como uma das vias de acesso a cidade de Itararé, interior do estado de São Paulo. Para chegar até a cachoeira, é preciso pegar a SP-258, no sentido Paraná, e seguir por 15 km. Para quem parte de São Paulo, a distância é de 350 km.

2. Cachoeira do Jamil

Localizada na confluência do rio Capivari com o rio Monos, a Cachoeira do Jamil é uma das mais bonitas do Estado de São Paulo e surpreende com a presença marcante da Mata Atlântica, uma trilha bastante conservada, quedas d’água, poços perfeitos para o banho e uma energia maravilhosa.

A distância da capital para a cachoeira é de 50 km, o que dá, mais ou menos, 2 horas de viagem, podendo ser feita de carro, ônibus ou trem. Para entrar no local — que leva o nome de Jamil justamente por conta do dono da propriedade —, é preciso pagar uma taxa de visitação.

3. Cachoeira Poço das Virgens

Cachoeira Poço das Virgens pode ser um lugar romântico.
Cachoeira Poço das Virgens pode ser um lugar romântico a dois.
Seguindo o mesmo sentido da Cachoeira do Jamil, porém situada poucos quilômetros antes, a Cachoeira Poço das Virgens é perfeita para visitar com a família. Com uma queda d’água menor, ela é ideal para levar a criançada. Assim, é possível se divertir com maior segurança, sendo um verdadeiro paraíso também para os pequenos.

Para quem vai de São Paulo, a viagem dura cerca de 2 horas, com pouco mais de 50 km de distância — uma vez que, mesmo sendo antes da cachoeira do Jamil, a trilha até o Poço das Virgens é maior. No entanto, considerando a vantagem de poder levar as crianças para nadar, essa é, certamente, uma das cachoeiras em SP que a visita realmente vale a pena.

4. Cachoeira do Itambé

Com uma intensa queda d’água de 84 metros, a Cachoeira do Itambé localiza-se em Cássia dos Coqueiros, a 290 km de São Paulo. O acesso se dá por meio do Camping do Zé Manso, cuja entrada acontece pela Estrada Municipal Mococa, em São Benedito das Areias.

Uma vez que a cascata está situada em propriedade privada — do aposentado que dá nome ao local, José Manso —, é necessário pagar uma taxa de visitação para acessar a trilha que leva à cachoeira, que dura cerca de 30 minutos.

5. Cachoeira dos Veados

Dentre as cachoeiras da Trilha do Ouro, na Serra da Bocaina, essa é a mais conhecida delas. Com três cascatas que totalizam 200 metros de altura, a Cachoeira dos Veados é parada obrigatória para quem está conhecendo o Parque Nacional da Serra da Bocaina. A força de suas quedas é tanta que, a partir de uma boa distância, é possível sentir o spray d’água.

Apesar de não ser um percurso fácil, essa é uma das trilhas em São Paulo com cachoeira que vale o esforço para conhecer. Para chegar até ela, existe um caminho de 20 km partindo do Parque, para quem vem de São José do Barreiro. Enquanto isso, aos que partem de Campos de Cunha, é necessário enfrentar 5 horas de uma trilha considerada moderada.

7 cachoeiras em São Paulo para você conhecer

6. Cachoeira Queda do Meu Deus

Com 53 metros de altura, a Cachoeira Queda do Meu Deus já foi eleita como a mais bonita de São Paulo. Localizada no município de Eldorado, próxima ao Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), sua nascente atravessa 4 km dentro da Caverna do Diabo, considerada a maior do Estado.

Para chegar até ela, existem duas trilhas: uma de, aproximadamente, 2 horas e outra com cerca de 5 horas de duração. A primeira é mais acessível para crianças, por ser mais curta e seguir direto para o destino, enquanto a segunda é para pessoas que estão em busca de aventura, uma vez que o percurso é mais completo.

Além disso, é a chance para conhecer outros lugares incríveis, já que essa trilha passa por diversas cachoeiras que podem ser visitadas ao longo do caminho. No entanto, vale ressaltar que o auxílio de um guia turístico é indispensável para realizar o trajeto.

Localizada a, mais ou menos, 250 km de SP, e por estar dentro de uma propriedade particular, no Quilombo Sapatu — Área de Proteção Ambiental dos Quilombos do Médio Ribeira —, é necessário pagar o ingresso.

7. Cachoeira do Prumirim

Situada a, aproximadamente, 18 km de Ubatuba, a Cachoeira do Prumirim é uma das principais do local e bastante frequentada por turistas que visitam a região. O acesso é bem tranquilo, já que a trilha para chegar até a cascata dura cerca de 3 minutos, partindo do Km 30 da rodovia Rio-Santos.

Dado que é formada por várias quedas d’água em sequência, é difícil determinar uma altura correta. Mas isso pouco importa, considerando a beleza do ambiente, que apresenta poços formando incríveis piscinas naturais e que são os grandes atrativos do lugar.

Ademais, fica bem em frente à praia do Prumirim, famosa entre os mergulhadores e que pode ser acessada caminhando por meio do rio, depois das quedas d’água. Portanto, é o lugar ideal para relaxar e desfrutar da natureza. Porém, fuja da visitação em feriados, pois muitas pessoas frequentam a região nessas datas e você pode não encontrar a tranquilidade que procura.

Seja no litoral ou no interior, com essas alternativas de cachoeiras em SP, você conseguirá aproveitar ao máximo algumas horas livres com muito lazer — e bem pertinho de casa! Não se esqueça de levar comida, água e um bom calçado para as trilhas, porque nem todos os lugares contam com infraestrutura para esse tipo de apoio, combinado? E lembre-se: para uma viagem mais segura, é necessário o acompanhamento de um guia turístico.

E aí, gostou deste post? Então aproveite a visita e confira 4 aplicativos indispensáveis para facilitar a sua viagem!

Guia cultural de São Paulo

Você também pode se interessar por