Compartilhar:

Acessibilidade

O terminal é adaptado para pessoas com limitações físicas, mobilidade reduzida e cadeirantes. Ainda há vagas especiais, guichês e banheiros adaptados. Ainda tem elevador e rampa de acesso.

Informações

O Balcão de Informações está localizado no térreo, e abre durante o horário de funcionamento da rodoviária.

Estacionamento

O estacionamento funciona 24 horas, sendo algumas vagas exclusivas para deficientes físicos e idosos.

Área Comercial

Lanchonete, banca de jornais e revistas, loja de conveniência, lotérica.

Sanitários

O local conta com sanitários gratuitos, localizados no primeiro pavimento. Também há opções pagas para banhos.

Táxi

Há ponto de táxi no local de desembarque dos ônibus.

Sobre a Rodoviária de Itabuna

O Terminal Rodoviário de Itabuna foi construído no ano de 1967, sob o nome oficial de Terminal Rodoviário Francisco Ferreira da Silva. Ele fica localizado na Avenida Amélia Amado, 560, no centro da cidade. São mais de 160 pessoas transitando mensalmente pela rodoviária, número que aumenta no verão, especialmente em época de fim de ano e feriados. São 10 viações que fazem o trajeto até Itabuna, sendo elas Águia Branca, Brangaça, Brasil Sul, Brisa, Cantelle, Catarinense, Itapemirim, Rota Transportes, Transpen, Ultra Transportes. Os principais destinos são as cidades baianas de Salvador, Feira de Santana e Porto Seguro.

A estrutura do Terminal Rodoviário de Itabuna é média, com pouco mais de 3500 metros quadrados de área construída. Ela tem 15 plataformas para embarque e desembarque de ônibus. A rodoviária é adaptada com elevador e rampas de acesso para pessoas com limitações físicas, mobilidade reduzida e cadeirantes. Há ainda vagas especiais, guichês e banheiros adaptados. Na sala de espera há assentos divididas em grupos espalhados em diversos pontos, para quem aguarda tanto o embarque em seu ônibus, quanto espera por alguém que irá desembarcar. A rodoviária ainda dispõe de lanchonete, lojas de presente, lotérica, uma banca de jornais e revistas e guarda-volumes. Para quem desembarca na rodoviária e precisa de transporte, há ponto de táxi em frente.

Itabuna é uma cidade charmosa do interior do sul da Bahia. Ficou famosa por ser a terra natal do escritor Jorge Amado, que a cita em algumas obras como Gabriela, Cravo e Canela e Terras do Sem Fim. Foi importante durante a época do plantio do cacau, e mantém hoje o Centro de Pesquisa do Cacau, com visitas guiadas por todo o processo de transformação da fruta para o chocolate. Também possui o Centro de Proteção ao Bicho-Preguiça, uma área com 43 hectares, para observação dos animais. O monumento Saga Grapiuna foi feito em homenagem aos descobridores, e fica na Praça Hélio Lourenço, em frente a rio Cachoeira, que corta a cidade. A praça fica há 1,5 quilômetro do Terminal Rodoviário de Itabuna.


Principais Viações
da Rodoviária de Itabuna