Compartilhar:

Junho é um mês de festa, comemoração e muito amor. No dia 12 de junho é comemorado o Dia dos Namorados, data em que casais do país todo celebram a sua união, compromisso, namoro, enlace, relacionamento. Vale tudo para a comemoração, desde juras de amor à troca de presentes.

A inspiração de exaltar o amor veio do Valentine´s Day ou Dia de São Valentim, festejada nos Estados Unidos e na Europa, mas que é comemorada em 14 de fevereiro. Há muitas histórias que tentam explicar o surgimento desta data, em que o papa Gelásio homenageou São Valentim, no ano de 496, século 5. A principal delas conta que esse santo era um padre que vivia em Roma, numa época em que o imperador Claudio 2 proibiu casamentos, lá pelo século 3. O padre Valentim acreditava em casamentos e passou a realizar as cerimônias secretamente, auxiliando os amantes que queriam as bençãos religiosas. Ele foi preso e sentenciado à morte. A comemoração foi trazida ao Brasil pelo publicitário João Dória em 1948 com o intuito de aumentar as vendas no mês de junho para as lojas Clipper. A data escolhida foi para homenagear Santo Antônio, escolhido pelas mulheres brasileiras para a busca do amor. A estratégia deu tão certo que a data se tornou tradicional.

Seja criação religiosa ou comercial, o que importa neste dia é presentar o amado ou a amada como uma forma de demonstrar os sentimentos. É um dia para comemorar o amor, ou o sucesso de um relacionamento, que é fruto de dedicação, carinho e paciência. E as opções são grandes, desde canecas, cestas de café da manhã, sair em um lugar romântico ou preparar um jantar especial em casa, bombons, mensagens apaixonadas, joias, roupas e perfumes. Existe uma infinidade de possibilidades.

Viagens são presentes inesquecíveis porque produzem experiências. Você pode avivar a sua memória passeando por aquele lugar especial, que traz todo o sentido ao seu relacionamento. Sabe, aquela praia em que vocês deram o primeiro beijo, ou a montanha que escalaram juntos, um piquenique na cachoeira ou a praça daquela cidadezinha do interior em que se conheceram. Ou criar novas histórias, conhecer novos lugares. Gramado, no Rio Grande do Sul, e Campos do Jordão, em São Paulo, são boas pedidas para um clima frio acompanhado de um vinho. Com estilo europeu, Monte Verde, em Minas Gerais, tem hotéis criados especialmente para casais. No Rio de Janeiro, Paraty tem todo o charme de cidade histórica. Paisagens bonitas e nome romântico, a Ilha do Mel tem pousadas em meio à natureza para curtir a dois. Que tal aproveitar para conhecer Buenos Aires, afinal, tem destino mais poético que a capital do tango?Independente da rota escolhida, a viagem é um presente que se leva para vida.