Aqui você pode
pagar em até 12 vezes
  • Cartão de
    Crédito
  • Débito
    On-Line
  • Transferência
    Bancária
  • Depósito
    Bancário
  • Boleto
    Bancário
  • Correios ou
    Lotéricas

De 27 de janeiro a 8 de fevereiro acontece, em Curitiba, a trigésima quinta edição da Oficina de Música da cidade, evento já tradicional do calendário musical brasileiro. Por conta de questões financeiras, a oficina não foi realizada em 2017, já que é organizada pela Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba e pelo Instituto Curitiba de Arte e Cultura – ICAC, instituições públicas. Em 2018, para alegria dos músicos e com o patrocínio de instituições privadas, como a Caixa Econômica Federal e a PUC/Pr, volta a ser realizada já no início do ano, concentrando sua programação em menos dias, porém com maior interação entre o erudito e o popular.

Durante os 13 dias de duração, a oficina realizará 96 cursos de música erudita e popular brasileira. As aulas serão ministradas no campus da PUC/Pr, por 81 professores gabaritados na música, entre brasileiros e estrangeiros. Como é o caso do italiano Emanuelle Baldini, atual spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, e Cristina Ortiz, pianista brasileira de carreira internacional residente na Suíça. São esperados mais de 1.300 alunos vindos de todo o Brasil – sendo a maioria paranaenses – e também de fora, de países como Argentina, Bolívia, Holanda, Espanha e até da Lituânia. Muitos cursos oferecidos pela Oficina de Música de Curitiba são gratuitos, outros são pagos e exigem seleção, ou seja, não são indicados para iniciantes e os alunos são selecionados pelos próprios professores.

Mas além dos profissionais do setor, crianças e adolescentes fãs de música mas que ainda não têm conhecimento algum na área, poderão aproveitar os cursos gratuitos que serão oferecidos nas regionais administrativas da cidade. Serão ofertados cursos de musicalização, integrados ao programa MusicaR, para crianças e adolescentes de 7 a 15 anos.

Além da programação pedagógica, a Oficina de Música de Curitiba também oferece uma intensa programação artística. O concerto de abertura, no dia 27 de janeiro, no Teatro Guaira, é uma das atrações, unindo Jane Duboc, Vocal Brasileirão, Cristina Ortiz e a Camerata Antiqua de Curitiba para fechar as comemorações dos 90 anos de Tom Jobim. Outra grande atração é o show de Toquinho, com a participação de crianças do projeto MusicaR das regionais de Curitiba. O concerto de encerramento da MPB, sob o comando de João Egashira, curador do núcleo popular, apresentará a Orquestra à Base de Corda juntamente com Martinho da Vila. O encerramento dos cursos de música erudita será com a Orquestra e Coro de alunos da Oficina no programa “Porgy and Bess”, de George Gershwin, com regência de Abel Rocha, curador do núcleo erudito.

Também foram programados diversos concertos eruditos e populares ao ar livre em parques e praças da cidade, além de feira gastronômica e o tradicional “Circuito OFF”, que acontece em diversos bares da cidade simultaneamente. Haverá, ainda, exibição de filmes ligados à música na Cinemateca de Curitiba, com entrada franca.

Para conhecer a programação completa da 35ª Oficina de Música de Curitiba, acesse o site oficial do evento. E para comprar suas passagens de ônibus de forma fácil e segura, basta fazer a busca das melhores opções de horários no Portal Rodoviariaonline!