Blog

5 (belos!) motivos para visitar Teresópolis

Teresópolis é uma cidade da região serrana do Rio de Janeiro, conhecida pela vista maravilhosa e pelo seu clima ameno, motivo pelo qual foi escolhida para ser a sede de treinamentos da seleção brasileira de futebol. Seu nome é uma homenagem à imperatriz Teresa Cristina, esposa de Dom Pedro II, que visitavam constantemente a região. A cidade, que faz aniversário dia 06 de julho, é aconchegante e foi indicada pelo Ministério do Turismo como um dos melhores destinos turísticos no inverno. Em comemoração ao aniversário da cidade, aqui no Portal Rodoviariaonline, você encontra cinco bons motivos para visitar Teresópolis.

Mirante do Soberbo

Cartão-postal da cidade, o Pico Dedo de Deus tem 1692 metros, e é uma montanha exuberante pela sua paisagem, ela se parece com uma mão, apontando o dedo indicador para cima. As fotos mais conhecidas desse ponto são tiradas do Mirante do Soberbo. Ele fica na entrada da cidade de Teresópolis, no km 92 da Rodovia BR 116. É considerada a melhor visão do pico, isso porque se medirmos a distância em linha reta, fica a menos de oito quilômetros. No local há também um monumento em homenagem à imperatriz Teresa Cristina e a Praça Senta Pua, dedicada aos combatentes brasileiros que participaram da Segunda Guerra Mundial.

Detalhe do Pico Dedo de Deus, um dos cartões postais de Teresópolis. (Foto: Wikipedia)
Granja Comary

A Granja Comary também é um cartão-postal da cidade, com o Pico Dedo de Deus ao fundo. Seu lago artificial, criado em 1930, traz mais beleza ainda à paisagem. O espelho d´água foi tombado como patrimônio cultural e histórico de Teresópolis. A vista do lago é com certeza uma paisagem interessante e merece uma visita, sendo cenário romântico para um piquenique com queijos e vinhos. Na Granja Comary também fica a sede da Confederação Brasileira de Futebol e para os amantes do esporte, é possível ver os campos de treinamento pelas grades que cercam o local.

Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PARNASO)

O parque foi criado em 1939 e abrange os municípios de Teresópolis, Petrópolis e Guapimirim. São cinco trilhas que partem da entrada de Teresópolis. A mais fácil é a Trilha Primavera, que consiste numa caminhada de 15 minutos em uma mata preservada. A Trilha Suspensa é a mais famosa, foi construída em cima de um aqueduto e se aproxima das copas das árvores, e tem uma hora de duração. A mais difícil é a Trilha Pedra do Sino, com 11 quilômetros de extensão, e seu acesso é limitado a 100 pessoas por dia. O Parque também conta com piscinas naturais e área para piquenique. É possível obter mais informações sobre o acesso ao parque aqui.

Paisagem de tirar o fôlego no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. (Foto: icmbio.gov.br)
Cachoeira dos Frades

A Cachoeira dos Frades está localizada no Parque Estadual dos Três Picos, e possui uma queda de 10 metros de altura, aproximadamente. Ela forma uma piscina natural, com uma areia branca, que vale a pena a visita, especialmente durante as estações mais quentes. No inverno, a sua visitação pode vir acompanhada de trilhas pela região.

Passeio Histórico

Dois casarões antigos contam a história da cidade. Um deles é a Casa da Memória Arthur Dalmasso, com entrada franca, e que resgata a criação de Teresópolis, em uma belíssima construção de época. Ele fica localizado no centro da cidade, na Praça Baltazar da Silveira, em frente à Igreja Matriz de Santa Teresa.  O outro é o Sobrado Histórico José Francisco Lippi, a recepção é feita com roupas de época pela dona Regina e seu José Luiz, que contam a história da construção da Vila Venda Nova. Ela fica no terceiro distrito de Teresópolis, afastado do centro da cidade, na Estrada Teresópolis- Friburgo, próximo também a Cachoeira dos Frades. Mais informações sobre a visita clique aqui.

Já escolheu o melhor dia para visitar Teresópolis? Confira as melhores opções de passagens sem deixar o conforto do seu lar e compre com segurança pelo Portal Rodoviariaonline.

(Por Daniela Farah)