Blog

Umuarama terá uma nova estação rodoviária

Em mensagem encaminhada junto com o projeto de lei, o prefeito Moacir Silva reconhece que a Prefeitura, já de muito tempo, vem encontrando dificuldades para sanar os problemas surgidos na rodoviária. “Desde o início da minha administração venho implementado ações para melhorar as condições daquele terminal rodoviário. Promovemos uma revitalização do espaço interno, construímos banheiros novos, refizemos a praça no círculo central, regulamos o trânsito de veículos no seu entorno e proibimos a venda de bebidas alcoólicas nas suas dependências. Tudo isso, no entanto, não foi suficiente para satisfazer nossa população que vem, dia após dia, clamando por um terminal rodoviário, com características modernas, que possa garantir segurança e comodidade para passageiros e usuários em geral”, acentua o prefeito.

Umuarama terá uma nova estação rodoviária

Além dessa exposição, como justificativa para o investimento público, Moacir Silva aponta o desenvolvimento de Umuarama que elevou o número de empresas explorando os serviços de transporte de passageiros. Segundo ele, isso causa, muitas vezes, transtornos em razão das limitadas e modestas vagas de embarque e desembarque, sem falar nas dificuldades de acesso uma vez que o terminal rodoviário está localizado na área central da cidade.

Com essa obra concluída e em operação, a idéia do prefeito é transferir o terminal urbano da Praça da Bíblia para a atual rodoviária. Com essa iniciativa, os comerciantes do local e do entorno continuariam a ter grande movimento de pessoas durante todo o dia e parte da noite, pois a concessionária do transporte urbano de passageiros, a Viação Umuarama, transporta, em média, 9 mil passageiros diariamente, considerando-se o período de segunda a sexta-feira (considerando os fins de semana essa média diária cai para 7,5 mil passageiros). Trata-se de um contingente expressivo de pessoas circulando diariamente pelo terminal urbano.

Completando uma verdadeira transformação daquela região da cidade, o objetivo é ampliar e adequar o atual terminal urbano, na Praça da Bíblia que passaria a abrigar o camelódromo. “Obviamente que haverá uma ampla discussão sobre a melhor forma de executar todas essas mudanças, mas temos certeza de elas beneficiarão a todos, indistintamente”, considera o prefeito Moacir Silva.

Transferindo-se o camelódromo, o local onde ele hoje se encontra cederia espaço para obra arquitetônica e paisagística, dando um novo visual urbanístico, valorizando comércio, prestadores de serviços, investimentos imobiliários e outras atividades desenvolvidas naquela região.

Fonte: Umuarama Ilustrado