Blog

Os pontos turísticos de Belo Horizonte que você precisa conhecer

Confira pontos turísticos que não podem ficar de fora da viagem.
Confira pontos turísticos que não podem ficar de fora da viagem.
O Brasil é um país enorme, com regiões belíssimas e atrações para todos os gostos. Mas algumas cidades ainda são subestimadas, principalmente no quesito turismo, sabia? A capital de Minas Gerais é um exemplo. Embora seja uma das cidades mais bonitas do país, muita gente ainda não conhece o potencial dos pontos turísticos de BH!

Então, nada melhor do que conhecer um pouquinho mais sobre essa cidade mineirinha cheia de encanto, belezas e com vários passeios incríveis para fazer. Sem contar a culinária, uma das mais gostosas do Brasil e que, certamente, vai fazer você parar um pouco para se deliciar entre pratos dos mais variados sabores.

E aí, bateu aquela curiosidade para saber mais sobre os pontos turísticos de Belo Horizonte? Confira abaixo uma seleção muito bacana que vai empolgar você para sua próxima viagem!

Lagoa da Pampulha e Igreja São Francisco de Assis

Pensada e planejada por Oscar Niemeyer, um dos grandes arquitetos do Brasil, a Lagoa da Pampulha tem 18 km de extensão com lindas paisagens. A ideia era fazer desse ponto um local para lazer da sociedade mineira, de modo que as pessoas desfrutassem da natureza ao redor do lago artificial.

Lá também fica a Igreja São Francisco de Assis, conhecida como Igrejinha de Pampulha, que foi tombada como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Além de ter um visual arquitetônico único, o local abriga a chamada Via Sacra, formada por 14 painéis do artista plástico Candido Portinari.

lagoa da pampulha
Conheça a encantadora paisagem da Lagoa da Pampulha

Praça do Papa

No dia 1º de julho de 1980, o Papa João Paulo II conheceu Belo Horizonte e fez uma célebre missa na até então Praça Israel Pinheiro. Após a data, a pedido de muitas pessoas, o local mudou de nome e passou a se chamar Praça do Papa. Com uma visão incrível de BH ao fundo, lá é perfeito para assistir ao pôr do sol depois de um dia de passeios pela cidade.

Museus da Praça da Liberdade

Para quem quer fazer bons passeios culturais sem pagar nada e economizar na viagem, eis aqui a opção ideal. No entorno da Praça da Liberdade estão alguns dos museus mais interessantes de BH — eles formam o Circuito Liberdade. Anote aí alguns deles:

  • Memorial Minas Gerais Vale;
  • Espaço do Conhecimento UFMG;
  • Palácio da Liberdade;
  • Museu das Minas e do Metal;
  • Edifício Niemeyer.

Mercado Central

Perca-se em mais de 400 lojas dentro de um dos pontos turísticos de BH mais famosos e concorridos. O Mercado Central é, sem dúvidas, o local perfeito para degustar doces, queijos, cachaças, e fazer umas comprinhas de artesanato, artigos religiosos e até mesmo ervas típicas usadas nos pratos mineiros.

mercado municipal
No mercado centrar você encontra uma variedade de produtos.

Edifício Maletta

Um dos mais icônicos prédios da capital mineira, o Edifício Maletta tem grande destaque no Centro da cidade há mais de 50 anos. Em seus 19 andares, encontramos de tudo um pouco: lojas, restaurantes, apartamentos, bares e uma bela vista da cidade.

O local é um verdadeiro oásis multicultural que atrai pessoas de todos os estilos! Por isso, não pode ficar de fora da sua lista de pontos turísticos de BH para visitar.

Jardim Botânico

O Jardim Botânico de Belo Horizonte foi fundado em 1991 pela Fundação Zoobotânica, que assegura a preservação e a beleza das áreas verdes da cidade. O parque fica aberto de terças a domingos e tem entrada gratuita. É um dos pontos de encontro da população local e conta com diversas opções para o lazer e o descanso.

Além disso, o Jardim também garante um belo aprendizado sobre a vegetação nativa da Mata Atlântica, da Caatinga e dos Campos Rupestres. Dentro das estufas temáticas, o visitante conhece mais de 3.500 espécies de plantas expostas.

Zoológico de Belo Horizonte

Outro ponto turístico de BH que merece a visitação é o Zoológico, que divide o espaço com o Jardim Botânico e também faz parte da Fundação Zoobotânica, desde 1991, embora tenha sido inaugurado em 1959.

O Zoológico contém vários viveiros de espécies silvestres, uma Casa de Educação Ambiental e uma Casa de Répteis. Além de ter contato com os animais, o visitante pode conhecer o Aquário do Rio São Francisco, com mais de 20 recintos com diversas espécies aquáticas.

Outra dica é aproveitar o passeio para ir ao Borboletário da Fundação Zoobotânica, também integrada ao Zoológico. O viveiro de exposição tem 100 m², onde adultos e crianças podem observar cerca de mil borboletas de espécies diferentes.

Parque das Mangabeiras

O Parque Municipal das Mangabeiras é considerado um dos parques verdes mais bonitos de BH. Não é à toa que atrai muitos turistas. São aproximadamente 2,3 km² de extensão, com nascentes de rios, quadras poliesportivas, pistas de skate e uma grande variedade de espécies de animais.

Além de curtir um momento de descanso, o turista pode aproveitar esse belo parque ao pé da Serra do Curral para visitar o Roteiro da Mata, com vegetação do Cerrado; e o Roteiro das Águas, formado pelos corpos hídricos do Córrego da Serra.

Ah, assim como a maioria das atrações que integram a Fundação Zoobotânica, o Parque das Mangabeiras só pode ser visitado mediante comprovação de vacina contra febre amarela.

Um passeio por um dos parques mais belos de BH.
Um passeio por um dos parques mais belos de BH.

Rota de bares

Gosta de uma cervejinha gelada? Então, para terminar o passeio pela capital mineira, que tal uma curtir as atrações noturnas? BH é conhecida como a “capital mundial dos botecos”, pois oferece inúmeras opções para todos os gostos. Alguns dos estabelecimentos mais badalados são:

Vale dizer, ainda, que a capital mineira tem belezas únicas e a união incrível entre culinária e passeios imperdíveis. Ou seja, entre um local e outro do seu roteiro de viagem, dá para sentar e degustar um autêntico prato de Minas Gerais!

E então, gostou de conhecer os principais pontos turísticos de BH? Além de linda, a cidade conta com tantas opções de lazer, diversão e descanso que é difícil escolher o que visitar primeiro. A dica é reservar vários dias para aproveitar de verdade tudo o que foi listado aqui.

Quer receber outros conteúdos sobre destinos incríveis, além de dicas para viagem? Assine a nossa newsletter!

Você também pode se interessar por