Blog

Passagem de Curta Distância Ficam Mais Caras

De acordo com a ANTT, a tarifa da passagem de curta distância é composta de itens de custo, como combustível, lubrificantes, peças e acessórios e pessoal, que são reajustados de acordo com índices de inflação setoriais.

ANTT deixa passagem de Curta Distância Ficam Mais Caras

O transporte semiurbano de passageiros é sujeito a arredondamento da tarifa final, com o objetivo de facilitar o troco. O arredondamento de um ano é compensado no reajuste do ano seguinte. Ao valor da passagem de curta distância devem ainda ser adicionados a tarifa de embarque e o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

No início de julho, a ANTT autorizou o aumento de 2,7% nas passagens de ônibus interestaduais e internacionais de passageiros de linhas que percorrem mais de 75 km.

Fonte: Noticias R7