Blog

Paraty se prepara para a Flip 2015

De 01º a 05 de julho, a cidade de Paraty, Rio de Janeiro, será o palco da décima terceira edição da Festa Literária Internacional de Paraty. A Flip deste ano homenageará Mário de Andrade – escritor, poeta e agitador cultural e literário – no ano que se completa 70 anos de sua morte.

A rica programação da Festa Literária, como sempre, é recheada com escritores vindos de diversos países, além, é claro, do Brasil, que se reunirão em debates sobre poesia, sexo e erotismo na literatura, ciência, romance política, literatura de viagem, música, arquitetura, políticas culturais e os rumos da sociedade brasileira. Assuntos que vêm de encontro com a realidade vivida no país, seja no meio literário ou fora dele.

Flip Paraty
Auditório lotado em mesa redonda da Flip, na edição de 2012. (Foto: Renata Sklaski)

Além das mesas redondas, há diversas atrações que agitarão a cidade, como a Flipinha, que promove oficinas culturais, apresentações teatrais e musicais, contações de histórias e sessão de autógrafos preparados especialmente para as crianças.

Mas o que faz da Flip uma das mais importantes festas literárias do mundo? A programação sempre caprichada? Os autores premiados que circulam pela cidade? A manifestação artística e cultural que toma as ruas da cidade? Sim, tudo isto. Mas será que funcionaria assim tão bem se a Flip fosse realizada em uma cidade grande?

Os casarões coloniais históricos, as ruas de pedras irregulares (mulheres, esqueçam o salto), o ar de cidade pequena, a Igreja na praça principal, a água do mar que beija calmamente a areia, os ambulantes com seus carrinhos que vendem doces a cada esquina, o artesanato… é, de fato, Paraty faz toda a diferença na realização da Festa Literária e dá aquele toque mais que especial para todo o evento.

Paraty
Igreja de Santa Rita ao entardecer. (Foto: divulgação)

Distante 258 quilômetros da capital Rio de Janeiro, Paraty permanece incólume durante grande parte do ano, salvo no verão e em eventos religiosos. Mas é durante a Flip que a cidade recebe o maior número concentrado de turistas, que lotam as pousadas, restaurantes, compram artesanatos locais, fazem passeios guiados nos arredores e movimentam o cenário econômico do município e dos seus cerca de 40 mil moradores.

Vale a pena, pelo menos uma vez, ir à Paraty durante a realização da Flip. Veja a programação deste ano clicando aqui.

Mas se o que você quer aproveitar é a atmosfera do interior sem precisar enfrentar fila para jantar naquele restaurante bacana… veja tudo o que pode aproveitar na cidade clicando aqui.

O Portal Rodoviariaonline® acredita que eventos culturais e literários, como a Flip, são essenciais para o desenvolvimento social e cultural das pessoas! Clique aqui para buscar passagens de ônibus para Paraty.

(Por Renata Sklaski)