Blog

Natal: Em busca da cidade do sol

Natal, capital do Rio Grande do Norte, é conhecida turisticamente como a cidade do sol, sendo um dos destinos preferidos e mais procurados por turistas brasileiros e estrangeiros.

E não é para menos: além dos atrativos naturais e culturais, a cidade é sede de eventos muito famosos, destaque para o “Carnatal”, maior micareta do Brasil, que acontece desde 1991 no início do mês de dezembro. Este ano, os dias de folia serão 5, 6 e 7 de dezembro. Durante este período, a rede hoteleira de Natal chega a mais de 90% de ocupação.

Mas como nem tudo é carnaval…. Natal também é um refúgio para quem quer sair da rotina e da vida agitada. A orla potiguar, dividida em praias urbanas, praias do litoral sul e do litoral norte, oferece inúmeras opções de lazer aos visitantes. Vamos à algumas delas!

Praia de Ponta Negra

É a praia mais badalada de Natal, localizada a 14 quilômetros ao norte do centro da cidade, com movimento e agitação durante o dia e a noite. Com 4 quilômetros de extensão, Ponta Negra guarda o principal cartão postal de Natal: o Morro do Careca, uma gigante duna com 120 metros de altura, cercado por vegetação nativa e com acesso proibido.

Morro do Careca, em Natal
Vista do Morro do Careca (Imagem: Wikipédia)
A praia oferece uma ótima estrutura de restaurantes e bares, que funcionam tanto durante o dia quanto a noite.

Maracajaú

Para quem é praticante de mergulho – ou ainda que quer se ‘batizar’ nesta prática, não pode deixar de visitar Maracajaú, uma vila de pescadores distante a 60 quilômetros do litoral norte de Natal. A vila guarda ainda suas características originais, sendo fácil avistar jangadas a beira-mar, onde o azul do mar se contrasta com as areias brancas. Os coqueiros, por fim, garantem ao cenário um ar paradisíaco. O mergulho é feito entre os parrachos, como são conhecidos os recifes de corais do local, que distam 7 quilômetros da costa, com profundidades que variam de um a quatro metros. É possível avistar inúmeros cardumes de peixes coloridos que completam o espetáculo do passeio em Maracajaú.

Dunas de Genipabu

É também um passeio obrigatório para quem visita o Rio Grande do Norte. A 20 quilômetros do centro de Natal, o passeio de buggy pelas dunas de Genipabu é imperdível, onde a pergunta clássica é feita pelos motoristas dos buggys: “com ou sem emoção?”. Independente da escolha, a vista dos morros de areia branca intensa em contraste com as lagoas de água doce que se formam na região, e onde é possível fazer uma pausa para se refrescar vale muito a pena. E para quem gosta de fortes emoções, também pode se aventurar no famoso “esquibunda”, sentado em uma prancha de madeira que vai escorregando até cair direto em uma das lagoas.

Fortaleza dos Reis Magos

O Forte dos Reis Magos é um marco histórico de Natal. Recebeu este nome porque foi iniciada a construção em 6 de janeiro de 1598, dia de Reis de acordo com o calendário católico. Décadas mais tarde, estava pronto o forte em formato de estrela, erguido sobre recifes com cascalhos de ostras, óleo de baleia, areia e pedras. A visita à fortaleza é feita com guias, que apresentam os locais que funcionavam como depósitos, alojamentos, além da capela.

Forte dos Reis Magos, em Natal
Forte dos Reis Magos (Imagem: Wikipédia)
Ficou com vontade de conhecer Natal? Pois saiba que há ainda diversos outros motivos interessantes para visitar a cidade e que você pode descobrir pessoalmente! Garanta então suas passagens no Portal Rodoviariaonline e boa viagem!

Por Renata Sklaski