Blog

Modernização da Rodoviária de Curitiba

Nesta área funcionavam setores internos da Urbs, como a cantina e atendimento médico e a área de vistoria de veículos de transporte comercial – vans de fretamento, táxis, transporte escolar e motofrete – que foram transferidos para outros setores da empresa. No estágio atual da obra, estão sendo feitas bacia de retenção e a contenção de muros para desvio do rio que passa ao lado, permitindo a abertura de passagem para a rua Dario Lopes.

Modernização da Rodoviária de Curitiba

Na parte de atendimento ao usuário da Rodo não há obra de escavação ou que exija a mobilização de grandes máquinas. A obra nesta área está restrita a uma ponta da ala interestadual para preparação da estrutura para instalação de escadas rolantes e elevadores. Em função disso, o desembarque dos ônibus das linhas de outros estados ou países e as lojas de comércio e serviço que funcionavam nesta ala foram transferidos para a ala estadual.

No feriado prolongado de Sete de Setembro o desembarque dos ônibus estaduais e interestaduais será feito na Rua General Carneiro, que fica em frente à Rodo. Apenas os ônibus que não têm Curitiba como ponto final é que vão desembarcar na Rodo nestes dias.

Outra alteração, implantada no mês passado em função das obras, foi a abertura de uma faixa de tráfego num pequeno trecho do estacionamento pago, que ficou com 90 vagas (11% menos) permitindo o tráfego de veículos mesmo durante a obra.

Modernização da Rodoviária de Curitiba

Maior obra – Esta é a maior reforma feita na Rodoviária de Curitiba desde sua implantação, há 40 anos, e está sendo feita de forma a causar o menor impacto possível aos usuários. O espaço está todo sinalizado, com indicações e orientações aos usuários que dispõem também de telas de LCD, como as que existem em aeroportos,informando horários, destinos e plataformas.

Além dos fiscais da Urbs que atuam o tempo na Rodoviária, neste período de obras foram criadas equipes de segurança que percorrem todo o espaço ao longo do dia,orientando usuários, observando a sinalização e auxiliando nas travessias. Banners e cartazes também mostram aos usuários para a sinalização utilizada nas obras – cones, placas e faixas zebradas.

Modernização da Rodoviária de Curitiba

Modernização – Prevista para terminar até outubro do ano que vem, a obra é um investimento de R$ 34,4 milhões na modernização da Rodoviária. O projeto original da Rodoviária, do arquiteto Rubens Meister será preservado.

A Rodo vai ganhar novos sanitários, nova área de embarque, praça de alimentação climatizada, restaurante, novos estacionamentos, salas de espera climatizadas, adequação do sistema viário do entorno, elevadores, escadas rolantes e nova passarela com plataforma elevatória para uso de pessoas com deficiência.

Modernização da Rodoviária de Curitiba

Também será feita revitalização do paisagismo; reforma das instalações elétricas e hidráulicas, modernização tecnológica do sistema de controle e operação do terminal, nova comunicação visual e ampliação do monitoramento de segurança.

A Rodoviária tem área total de 72,1 mil metros quadrados, com 25,6 mil metros quadrados de área edificada e 10 mil metros quadrados de área verde. Por mês, circulam pela Rodoviária, 900 mil pessoas. Destes, 600 mil são passageiros e o restante acompanhantes, funcionários e pessoas que utilizam serviços na Rodo – farmácia, lojas, lanchonetes, caixas automáticos de bancos, etc.

Também por mês, são 24,5 mil chegadas e saídas de ônibus, número que em alta temporada chega a 30 mil. A Rodoviária conta com três estacionamentos, com um total de 335 vagas que abrigam mensalmente em torno de 30 mil veículos. Por mês, circulam na área da Rodo cerca de 150 mil veículos.

Modernização da Rodoviária de Curitiba

Fonte: Prefeitura de Curitiba