Blog

Horário de verão termina no próximo fim de semana

Para alguns: “até que enfim”. Para outros: “sentirei saudades”. Apesar de dividir opiniões e despertar amor ou ódio, não tem jeito: o horário de verão termina à meia-noite do próximo dia 19 de fevereiro. Isto quer dizer que a partir desta data e horário, brasileiros que vivem nas regiões Sul, Sudeste e Centro-oeste devem atrasar seus relógios em uma hora. Segundo estimativa do governo, o período do horário de verão, que teve início em 16 de outubro do ano passado, resultará em uma economia de R$ 147,5 milhões, por conta da redução do uso de energia gerada pelas termelétricas.

A mudança do horário de verão é adotada no Brasil desde 1931, porém apenas em 2008 o então presidente Luis Inácio Lula da Silva atribuiu datas fixas de início e fim do período: o horário do verão começará sempre à meia-noite do terceiro domingo do mês de outubro, terminando à meia-noite do terceiro domingo do mês de fevereiro.

Como é sabido, a mudança de horário não é bem aceita por muitos brasileiros, até mesmo alguns políticos. Desde 2007, tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei do deputado Valdir Colatto, do PMDB/SC, que pretende acabar permanentemente com a adoção do horário de verão no país. Segundo o parlamentar, a economia alcançada pelo horário de verão e que serve como justificativa do governo para mantê-lo em vigor, é irrisória perto dos transtornos causados aos cidadãos que sofrem com fadiga, cansaço e irritabilidade. De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico, a economia prevista durante os 120 dias de vigência do horário de verão é equivalente ao consumo mensal de uma cidade do porte do Distrito Federal, por exemplo, que tem quase 3 milhões de habitantes.

Ainda há um longo caminho até o projeto ser aprovado ou não. Mas o que nos resta fazer é seguir o calendário e atrasar o relógio em uma hora, para não correr o risco de perder compromissos importantes, como o horário de partida daquele ônibus do qual você comprou suas passagens pelo Portal Rodoviarionline...

(por Renata Sklaski)