Blog

Doe roupas. Doe calor e amor!

Já dizia o bom e velho ditado: mais de um ano sem usar, tá na hora de doar. E você, em algum momento já ouviu essa frase? Ou, se ouviu, já colocou isso em prática? Temos tantas coisas guardadas que, às vezes, acumulamos desnecessariamente algumas roupas que nem usamos ou que nem lembramos que temos. Difícil não conhecer alguém que fale: “Nossa, não uso essa roupa há anos e agora tá fora de moda!”, ou, “Essa tirei do fundo do baú, nem me serve mais.” Pois é, que pena! Enquanto uma peça estava fazendo volume no armário, com certeza ela teria sido útil para alguém que tem muito menos.

Estamos há aproximadamente 15 dias do inverno, mas as temperaturas em algumas cidades do país já caíram ao ponto de prometer até neve. E a situação já começou difícil nesse ano, pois já foram registradas três mortes de pessoas em situação de rua por hipotermia em cidades do Rio Grande do Sul.

Então, que tal aproveitar as viagens programadas para essa época para dar uma organizada em seu armário? Aproveite o momento de fazer as malas e selecione tudo aquilo que não usa mais e que pode ter serventia para outra pessoa. Mas lembre-se: você estará doando algo que será útil para alguém. Não é porque está usado que justifica estar sujo ou completamente deteriorado…

(foto: divulgação)
Apesar de muita gente estar em situação de rua por opção, doar roupas quentes ajuda, e muito, a amenizar ao menos um pouco a sensação das temperaturas baixas (foto: divulgação)
Apesar da doação das roupas de frio ser prioridade em épocas de temperaturas mais baixas, qualquer peça é muito bem-vinda para quem precisa durante todo o ano. Em Manaus, no Amazonas, por exemplo, não faz frio, mas a Defesa Civil organiza anualmente uma campanha que atende as pessoas em situação de vulnerabilidade atingidas pela cheia do Rio Negro. Em São Carlos, interior de São Paulo, apesar de temperaturas amenas, há instituições como a Amai-vos que arrecada roupas em parceria com empresas para ajudar pessoas durante todo o ano.

Até mesmo em Curitiba, onde o frio predomina, o Instituto Pró-Cidadania (IPCC), em parceria com a Fundação de Ação Social (FAS), faz a campanha anual de arrecadação de roupas de frio e cobertores, mas estimula também a doação de demais peças de vestuário. As doações ficam estocadas e são destinadas a famílias afetadas por incêndios, alagamentos ou quaisquer outras situações que necessitem de um auxílio nesse sentido. A campanha é tão tradicional na capital paranaense e sensibiliza tanta gente que há exemplos de cidadãos que merecem reconhecimento.

João Maria Machado é morador do bairro Tatuquara, em Curitiba, e todos os anos mobiliza a comunidade atrás de doações. Ele trabalha em uma indústria que estimula por meio de uma gincana interna a doação de roupas e, desde a primeira edição, sempre se destaca pelo seu comprometimento com o próximo. Só nesse ano, ele já arrecadou mais de 16 mil peças que, por intermédio dessa empresa, serão destinadas à campanha da capital. Confira aqui a reportagem veiculada sobre essa ação solidária!

Mas e aí? O que isso tem a ver com o nosso portal? O Rodoviariaonline trabalha diariamente para trazer satisfação a quem viaja e acreditamos que fazer o bem ao outro é algo fundamental para nossa vida. Nós já estamos fazendo nossa parte, e você? Faça também a sua: veja se a empresa em que trabalha não tem alguma ação de responsabilidade social nesse sentido ou procure a prefeitura da sua cidade e veja o melhor local para entregar suas doações.

Se cada um fizer um pouquinho, muita gente será beneficiada. Doe roupas, doe calor e amor!

(por Gisele Luz)