Blog

Dia das Mães: presença é o melhor presente

Desde 1914, o segundo domingo de maio é dedicado para homenagear as mamães. Além de um momento de troca de carinho e de afeto, o Dia das Mães também virou símbolo de consumo, fazendo com que o presente seja um item obrigatório para a comemoração.

Esta sempre foi considerado a segunda data comercial mais relevante para o varejo, perdendo apenas para o Natal. Mas diante do atual momento econômico, o cenário desse ano vai ser um pouco diferente. De acordo com uma pesquisa feita pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), 50% dos brasileiros não comprarão presentes para este Dia das Mães, que será comemorado em 8 de maio. A instabilidade do país trouxe um pouco de cautela aos filhos e mesmo aqueles que pretendem manter a tradição, pensam em algo de menor valor.

Mas será que uma roupa, um acessório ou um buquê de flores é realmente o melhor presente? Sem dúvida alguma, um mimo nunca é demais. Mas ele nem sempre precisa vir em forma física e embalado. Você já imaginou que a demonstração de amor ou uma experiência nova pode ser ainda mais marcante?

Pensou na alternativa de levá-la a um lugar diferente? Você pode programar uma viagem com a sua mãe e fazer dessa uma experiência única.

E se você não mora na mesma cidade que ela, não pense duas vezes. A sua presença sem dúvida alguma será o melhor presente que ela poderá ganhar. Nada paga a sensação gostosa de um abraço apertado, um cafuné, o brilho nos olhos e sorriso estampado no rosto de quem mais amamos.

Ainda dá tempo de se programar e fazer uma surpresa super bacana! Compre sua passagem de ônibus pelo Rodoviariaonline e aproveite todas as facilidades que o portal oferece aos seus clientes. Faça tudo à moda antiga e veja o quanto é bom ir contra os hábitos de consumo: escreva uma carta, colha uma flor do jardim, viaje até ela de ônibus, sem se incomodar com o carro ou trânsito, chegue de surpresa e faça desse Dia das Mães um momento inesquecível.

dia das m
(Fonte: divulgação)
Desejamos um domingo muito especial a todas as mães!

(por Gisele Luz)