Blog

De olho vivo nas estradas

Independente da cidade em que você mora, é possível adivinhar que haja pelo menos uma obra de melhoria de infraestrutura em andamento. Se você morar em um dos Estados da União que abrigam uma cidade sede da Copa do Mundo de Futebol 2014 é fato: há uma, duas, três ou mais obras de melhoria em andamento.

Mas além das obras que acontecem dentro da própria cidade, há aquelas que visam melhorar a ligação de uma cidade à outra, facilitando o acesso de veículos. Mas antes de chegar no estado desejado de facilidade e mobilidade, as obras nas rodovias causam verdadeiros transtornos aos usuários.

Uma pesquisa rápida na internet sobre obras nas rodovias resulta em mais de 9 milhões de resultados. E as notícias que destacam atraso, paralisação, mais gastos públicos, problemas técnicos do projeto, etc, são sempre fresquinhas. Infelizmente, as más notícias são mais facilmente encontradas que as boas. Mas como estes quase intermináveis reparos influenciam no cotidiano das pessoas que não tem como fugir deles? Um exemplo que podemos citar é a duplicação da pista na Serra do Cafezal, por onde corta a Rodovia Régis Bittencourt, na região de Itapecerica da Serra, em São Paulo.

De olho nas estradas: Trânsito de caminhões na Serra do Cafezal
Trânsito de caminhões na Serra do Cafezal, BR-116. (Foto: Renata Sklaski)
Ali, o tráfego é lento e perigoso, pois com a velocidade reduzida, o número de caminhões dividindo espaço aumenta. Na quarta-feira passada, dia 15, em um dia de movimento considerado normal, a pista sentido Curitiba da rodovia estava com o trânsito parado por vários quilômetros. O tempo perdido na estrada diminui a paciência e aumenta a pressa de muitos motoristas, e é aí que o perigo de acidentes provocados pela imprudência cresce.

De olho nas estradas: Obras de duplicação em trecho da Régis Bittencourt
Obras de duplicação em trecho da Régis Bittencourt, na Serra do Cafezal. (Foto: Renata Sklaski)
Diante deste cenário, o Portal Rodoviariaonline lançou um auto-desafio: traçar um panorama das obras nas rodovias brasileiras. E para isto, precisamos da sua ajuda, cliente e parceiro. Envie fotos das situações que encontra nas estradas, sejam elas boas (boa sinalização, obras concluídas, etc) ou ruins (trechos de lentidão, obras não concluídas, trechos em péssimo estado de conservação, etc). O objetivo é contribuir com motoristas e usuários que podem repensar suas rotas, além de usar estes registros como provas reais de que ainda há muito que se fazer e exigir das autoridades. Pois um tráfego seguro está diretamente ligado à segurança proporcionada pelas boas estradas.

Contamos com a sua participação!

(Por Renata Sklaski)