Blog

Conheça Teresina – a “cidade verde” do Nordeste brasileiro

No último sábado, dia 16 de agosto, Teresina, a capital piauiense, comemorou seu aniversário de 162 anos. A capital do Piauí é a única, entre as capitais dos Estados nordestinos, que não se localiza nas margens do oceano atlântico. Mesmo não tendo o mar como um atrativo ao seu favor, Teresina é uma cidade muito interessante de se visitar, principalmente para quem gosta de cultura.

Distante 366 quilômetros da costa, Teresina também foi apelidada de “Mesopotâmia brasileira”, por ser banhada por dois rios: Poti e Parnaíba, que se encontram ainda dentro da cidade para então seguirem, juntos, em direção ao oceano.

Por estar localizada no Nordeste, a cidade apresenta clima tropical, onde no inverno os termômetros chegam a marcar 35 graus. Com quase um milhão de habitantes, a cidade é a 15ª maior capital brasileira e, mesmo com suas grandes proporções, manteve exemplarmente válido o codinome de “Cidade Verde” que recebeu do escritor maranhense Coelho Neto (1864 – 1934), por ter suas ruas e avenidas entremeadas por frondosas árvores. Teresina também é a cidade natal do poeta Torquato Neto (1944 – 1972), um dos precursores do movimento tropicalista dos anos 70.

Passando pela cidade, não deixe de visitar o mirante da Ponte Estaiada da cidade. Localizado no topo da ponte, o mirante tem capacidade para 80 visitantes por vez e, como foi construído com base no mirante da Torre Eiffel de Paris, dá uma vista 360 graus da cidade de Teresina.

Imagem noturna da Ponte Estaiada em Teresina (Foto: turismoteresina.com)
Imagem noturna da Ponte Estaiada (Foto: turismoteresina.com)

Para quem gosta de cultura, pode ficar por dentro da programação dos diversos teatros da cidade, como o Teatro 4 de Setembro (localizado no centro da Capital, foi construído em 1894 e até hoje se mantém como um dos locais culturais mais importantes da cultura teresinense). E quem se interessa em conhecer a história visitando Museus, vai encontrar diversas opções de passeio em Teresina, como o Museu do Piauí (Casa de Odilon Nunes). Fundado em 1934, o local apresenta um acervo riquíssimo com cerca de sete mil peças que contam a história do Estado do Piauí, desde o período pré-histórico até o contemporâneo.

Fachada do casarão onde se localiza o Museu Piauí (Foto: turismoteresina.com)
Fachada do casarão onde se localiza o Museu Piauí (Foto: turismoteresina.com)

E os mais esportistas, vão adorar conhecer o Parque Nova Potycabana, complexo de lazer onde é possível praticar esportes ao ar livre (o local dispõe de pista de skate, quadras poli esportivas, ciclovias, pistas para caminhadas, etc.) e participar de diversas programações culturais da cidade, de clube de leitura a campeonatos de jiu-jitsu.

Claro que a culinária piauiense é outro ponto a ser explorado em uma visita à cidade. Na capital, é fácil encontrar restaurantes que servem pratos típicos da região, como galinha à cabidela, pratos à base de carne de sol, carne de bode e diversos doces derivados do caju.

Se você está planejando sua próxima visita ao Nordeste brasileiro, permita-se sair do comum: visite Teresina e descubra um novo olhar sobre a região nordestina brasileira. Garanta suas passagens no Portal Rodoviariaonline e boa viagem!

(Por Renata Sklaski)