Blog

Você não pode deixar passar estas 4 comidas típicas de Salvador

As fortes influências africanas, portuguesas e indígenas tornaram a Bahia um lugar rico na arquitetura, cultura e, claro, na culinária. Os pratos ricos em temperos e originalidade colocam as comidas típicas de Salvador entre as características mais lembradas quando se pensa no lugar.

Afinal, da África a Bahia manteve o gosto pelos temperos fortes, como a pimenta e o azeite de dendê. Dos indígenas, manteve-se o hábito de utilizar peixes, plantas e frutas na alimentação. Enquanto que de Portugal (apesar da exploração de terras e dos escravos trazidos da África) pegou-se o hábito de utilizar açúcar.

Quer saber o que de melhor essa mistura de sabores e conhecimentos gerou? Confira o nosso post e saiba o que é que a Bahia tem na culinária!

1. Acarajé

Provavelmente uma das comidas típicas de Salvador mais famosas, o acarajé é icônico e não pode deixar de aparecer em listas sobre o melhor da culinária baiana.

O prato é feito com massa de feijão-fradinho temperado e frito junto com azeite de dendê e óleo. Após esse processo, o acarajé é cortado e recheado com camarão seco, cururu, salada, vatapá e muita pimenta — caso seja sua preferência.

Esse alimento é comumente servido por mulheres que vestem roupas típicas da Bahia e seu significado remete a uma palavra africana, que quer dizer: bola de fogo.

2. Moqueca baiana

O prato preparado em uma panela de barro é bastante comum em almoços em família ou com os amigos. Seu preparo pode variar de acordo com a preferência e pode incluir peixe, camarão, frutos do mar, pimentas de várias cores, aratu, azeite de dendê, leite de coco etc.

Mas, de modo geral, todas as moquecas são preparadas primeiro com camadas de vegetais, o peixe e temperos (tudo com a cobertura do azeite de dendê e óleo de coco). O resultado é um prato único de Salvador!

3. Doce de mamão verde

Outra refeição típica da Bahia é o doce de mamão verde. Ele tem formato espiral e uma cobertura de coco ralado. A sobremesa é um prato simples e tradicional nas famílias baianas e além de ser delicioso contém inúmeras vitaminas e minerais que são benéficos para a sua saúde.

4. Arroz de Hauçá

Outra influência da culinária africana que a Bahia herdou foi esse prato muito querido por lá que, inclusive, era o preferido do escritor Jorge Amado: o arroz de Hauçá. A comida é composta por arroz branco bem cozido e praticamente sem sal. Isso porque o prato deve ser acompanhado de camarão defumado ralado e charque frita na cebola e alho. O resultado é uma mistura perfeita para os baianos.

A Bahia é um lugar extremamente rico em diversos aspectos além da história, Carnaval e praias. Mas são as comidas típicas de Salvador que ajudam os visitantes a entenderem melhor o lugar e o porquê de ele ser tão amado e único.

Se você gostou do nosso texto, compartilhe-o nas redes sociais e ajude os seus familiares e amigos a conhecerem também o melhor da culinária baiana!

Você também pode se interessar por