Blog

Bebê a bordo – dicas úteis para viagem com bebê e criança

Viajar é sempre muito bom, principalmente quando é por lazer, junto com a família. Mas como tornar um trajeto longo na estrada um momento divertido e tranquilo para crianças e adultos?

A Rodoviariaonline traz algumas questões que serão de grande ajuda para garantir que os pequenos também curtam as viagens, por exemplo, de ônibus.

Confira algumas dicas úteis para viagem com bebê e com criança!

viagem com bebê

Separes os documentos necessários

Vamos começar pelo básico: os documentos pessoais. No caso de bebês ainda com meses de idade e sem carteira de identidade, é necessário apresentar a certidão de nascimento original ou uma cópia autenticada, junto com os documentos pessoais dos pais.

Agora, se a criança está viajando com parentes ou amigos, sem a presença dos pais, além de seus documentos, os responsáveis devem, obrigatoriamente, apresentar uma autorização para realizar a viagem. Este documento pode ser feito em postos de atendimento do Juizado de Menores, presentes nos próprios terminais rodoviários.

Nenhuma viação autoriza viagem com bebê e outras crianças sem os documentos, o que traz segurança para responsáveis e os menores, pois se houver uma fiscalização da Polícia Rodoviária no meio do caminho, não encontrarão problemas em comprovar o parentesco com a criança.

A ANTT estabelece na Resolução nº 4308/2014 que adolescentes com 12 anos ou mais deverão, obrigatoriamente, apresentar documento oficial com foto (RG) para embarcar em viagens, não sendo aceitas certidões de nascimento.

Observe o horário

O melhor horário para viajar com crianças, principalmente bebês, é aquele em que elas dormem. Assim, a noite seria o período mais adequado, pois permite o descanso dos pequenos e torna a viagem menos cansativa e enfadonha para eles.

Entretanto, é possível aproveitar outros horários, considerando os momentos específicos em que seus filhos consigam descansar durante o dia. Se eles dormem à tarde, por exemplo, entre 14 e 15 horas, você pode comprar passagens que contemplem esse período, desde que haja viagens disponíveis para esses horários, é claro.

Mesmo que não seja possível manter as crianças dormindo durante toda a viagem, é importante considerar a possibilidade de que, durante a maior parte do trajeto, elas permaneçam dormindo.

Ainda, você pode usar estratégias para que isso aconteça. Se comprar passagens nos horários em que, habitualmente, a criança se mantém acordada e ativa, estimule-a antes para que ela fique mais cansada e acabe dormindo na viagem.

Essa saída, contudo, só é recomendada para crianças maiores. No caso de viagem com bebê, o melhor é respeitar o horário normal de sono dele, pois tentar mantê-lo acordado à força para dormir durante a viagem poderá causar algum tipo de dano à sua saúde.

Se o bebê, ou mesmo uma criança maior, chorar durante a viagem, procure não se preocupar tanto com o que os outros passageiros dirão. Eles precisam entender que crianças são assim, têm que aprender a desenvolver a paciência, pois talvez um dia sejam eles que precisarão viajar com bebês ou crianças.

De qualquer modo, sempre procure manter seu bebê ou criança o mais calmo possível, dentro de suas possibilidades.

Foque na segurança e conforto

Os bebês de até 06 meses são facilmente transportados no colo dos pais, sem haver necessidade de comprar uma poltrona extra para eles. Para que o cansaço de carregá-los durante a viagem seja amenizado, especialistas (e mães experientes em viajar com seus filhos) recomendam o uso de canguru ou sling, que mantém os braços de quem os carrega mais livres e o neném mais confortável.

Na hora de sentar, o cinto de segurança deve ser afivelado apenas no adulto, NUNCA no adulto e na criança juntos, pois, no caso de uma freada brusca, o peso do pai ou da mãe pode machucar o bebê.

Se o adulto estiver viajando só com a criança, por medida de segurança, recomenda-se nunca deixar o menor sozinho dentro do veículo nas paradas executadas durante o trajeto, mesmo que a criança esteja dormindo. Ou leva no colo ou os dois não descem. Manter o pequeno sempre por perto é obrigação do maior que o acompanha.

Nunca confie em estranhos para olhar ou cuidar de seu filho, mesmo que seja somente durante alguns minutos. Nunca se sabe a intenção do outro. O tráfico de bebês e crianças ainda é uma realidade. Há pessoas que desejam ficar com a criança para si mesmas. Nesse caso, não se trata de coisa de novela — é um fato que pode realmente acontecer.

dicas uteis para viajar com bebes e crianças

Pesquise opções de entretenimento

Atualmente, são inúmeras as maneiras de manter as crianças distraídas e ocupadas. Para viajar com elas, será preciso um pequeno arsenal de entretenimento, além de lanchinhos e outros artigos importantes.

Carregue a bateria do tablet ou do celular, para que ele possa assistir a vídeos ou ter acesso a joguinhos. Não se esqueça de levar os fones de ouvido, para que a criança possa ouvir o som dos vídeos sem incomodar os outros passageiros.

Para os bebês pequenos, um mordedor e um brinquedo ideal para sua idade são suficientes para distraí-lo durante o percurso. Sem contar que o movimento do ônibus vai mantê-los mais dormindo do que acordados.

Garanta a alimentação

Se o bebê não for amamentado no peito, leve na bagagem de mão o que precisa para fazer a sua mamadeira. Além da dose necessária, acrescente uma extra, caso a viagem sofra algum imprevisto e atrase. É melhor se prevenir, pois é preciso considerar o período total da viagem, incluindo os possíveis atrasos.

Leve a papinha em um recipiente que mantém a temperatura ideal. Assim, durante todo o trajeto, caso o bebê sinta fome, poderá alimentá-lo sem problema nenhum. Mulheres que estão amamentando devem beber, antes da viagem com bebê, pelo menos 4 litros de água, pois ajuda a criar leite.

Para as crianças um pouco maiores, leve água, suco e lanches leves, como frutas ou biscoitos, que os pequenos já são acostumados a comer.

Cuide da saúde

No kit de remédios, leve sempre um antitérmico, um remédio para gases ou enjoo, que pode acometer a criança no caso de viagens mais longas. Caso o bebê esteja resfriado, é aconselhável ter soro fisiológico, como compensação para o ar seco.

A maioria dos pediatras aconselha que os pais esperem que a criança complete, pelo menos, 3 meses para viajar, pois assim ela já terá tomado as vacinas mais importantes, de acordo com o calendário:

  • BCG (vacina que previne contra a tuberculose);
  • meningocócica G conjugada (vacina que previne contra a meningite e outras doenças infecciosas).

Sendo assim, antes de fazer uma viagem com bebê e criança, vá ao pediatra e confirme que ela está realmente em condições de ir.

Simplifique a bagagem

Levar carrinho e bebê nas viagens dá realmente muito trabalho. Uma solução é despachar o carrinho quando for fazer o check in. Também pode despachar no portão de embarque, que é uma solução ainda melhor.

Para as crianças um pouco maiores, que precisam de uma poltrona exclusiva, vale usar o bebê conforto ou ainda as cadeirinhas próprias para automóveis. Mas antes de arriscar a levar o equipamento e ele não caber no banco, é importante entrar em contato com a viação e verificar as medidas das poltronas do ônibus de viagem. Normalmente, as dos executivos são maiores, o que permite a acomodação perfeita da cadeirinha infantil.

A bagagem pequena é a ideal. Dê preferência a mochilas e não a bolsas. Assim, você permanece com as mãos livres. Leve, no mínimo, duas trocas de roupa, fraldas, panos para limpar a boca, lenços umedecidos para limpeza das mãos, trocador, casacos e uma manta ou cobertor para proteger a criança contra o frio do ar-condicionado.

Crianças maiores talvez já possam levar sua própria mochila, mesmo que certos acessórios (lenços umedecidos, roupas e remédios) sejam carregados na dos pais.

Prestando atenção nessas pequenas dicas, a experiência de viagem com bebê ou criança será bem mais tranquila do que você imagina!

Então, ficou mais tranquila e já está pensando em viajar com seu filho? Encontre a viagem ideal em nosso buscador e aproveite bem o passeio!

Você também pode se interessar por