Blog

Bebê a bordo – dicas úteis para viagem com bebê e criança

Viajar é sempre muito bom, principalmente quando é por lazer, junto com a família. Mas como tornar um trajeto longo na estrada um momento divertido e tranquilo para crianças e adultos? O Portal Rodoviariaonline® traz abaixo algumas questões que lhe ajudarão a garantir que os pequenos também curtam viajar de ônibus!

viagem com bebê

Documentos necessários

Vamos começar pelo básico: os documentos pessoais. No caso de bebês ainda com meses de idade e sem carteira de identidade, é necessário apresentar a certidão de nascimento original ou uma cópia autenticada, junto com os documentos pessoais dos pais. No caso da criança estar viajando com parentes ou amigos, porém sem a presença dos pais, além de seus documentos, os responsáveis devem obrigatoriamente apresentar uma autorização dos pais para realizar a viagem (clique aqui para baixar o modelo). Este documento pode ser feito em postos de atendimento do Juizado de Menores, presentes nos próprios terminais rodoviários.

Nenhuma viação autoriza o embarque com crianças sem os documentos, o que traz segurança para responsáveis e os menores, pois se houver uma fiscalização da Polícia Rodoviária no meio do caminho, não encontrarão problemas em comprovar o parentesco com a criança.

A ANTT estabelece sem sua Resolução nº 4308/2014 que adolescentes com 12 anos ou mais deverão obrigatoriamente apresentar documento oficial com foto (RG)  para embarcar em viagens, não sendo aceitas certidão de nascimento.

Segurança e conforto

Os bebês de até 06 meses são facilmente transportados no colo dos pais, sem haver necessidade de comprar uma poltrona extra para eles. Para que o cansaço de carregar o bebê durante a viagem seja amenizado, especialistas (e mães experientes em viajar com seus filhos) recomendam o uso de canguru ou sling, que mantém os braços de quem os carrega mais livres, e o neném mais confortável. Na hora de sentar, cinto de segurança deve ser afivelado apenas no adulto, NUNCA no adulto e na criança juntos. No caso de uma freada brusca, o peso do pai ou da mãe pode machucar o bebê.

Para as crianças um pouco maiores, que precisam de uma poltrona exclusiva, vale usar o bebê conforto ou ainda as cadeirinhas próprias para automóveis. Mas antes de arriscar a levar o equipamento e ele não caber no banco, é importante entrar em contato com a viação e verificar as medidas das poltronas do ônibus de viagem. Normalmente as poltronas dos ônibus executivos são maiores, o que permite a acomodação perfeita da cadeirinha infantil.

Se o adulto estiver viajando sozinho com a criança, por medida de segurança, recomenda-se nunca deixar o menor sozinho dentro do veículo nas paradas executadas durante o trajeto. Mesmo que a criança esteja dormindo, ou o leva no colo ou os dois não descem. Manter o pequeno sempre por perto é obrigação do maior que o acompanha.

Entretenimento, alimentação e kits de emergência

Hoje são inúmeras as maneiras de manter as crianças distraídas e ocupadas. Para viajar com elas, será preciso um pequeno arsenal de entretenimento, além de lanchinhos e outros artigos importantes.

Para os bebês pequenos, um mordedor e um brinquedo ideal para sua idade são suficientes para distraí-lo durante o percurso. Sem contar que o movimento do ônibus vai mantê-los mais dormindo que acordados. Se o bebê não for amamentado no peito, leve na bagagem de mão o que precisa para fazer a sua mamadeira. Além da dose necessária, leve uma extra caso a viagem sofra algum imprevisto e atrase. Considere este mesmo raciocínio para a quantidade de fraldas, além de mudas de roupas extras. Normalmente, o ar condicionado dos ônibus fica ligado durante todo o percurso, então não esqueça de um cobertor para mantê-lo aquecido.

Para as crianças um pouco maiores, leve água, suco e lanches leves, como frutas ou biscoitos, que o pequeno já é acostumado a comer. Carregue a bateria do tablet ou do celular, para que ele possa assistir a vídeos ou ter acesso a joguinhos. Não se esqueça de levar os fones de ouvido, para que a criança possa ouvir o som dos vídeos sem incomodar os outros passageiros.

No kit de remédios, leve sempre um antitérmico, um remédio para gases ou enjoo, que pode acometer a criança no caso das viagens mais longas.

Prestando atenção nestas pequenas dicas, a experiência de viagem com seu bebê ou criança será bem mais tranquila do que você espera!

(Por Renata Sklaski)