Blog

O que fazer em Laguna

Laguna é uma charmosa cidade de Santa Catarina, que traz a mistura perfeita entre conhecimento histórico e beleza natural. A cidade é tombada pelo IPHAN, com mais de 600 imóveis. Durante os meses de inverno é possível ver os golfinhos e baleias brancas no Molhes da Barra. Além disso, passeando por lá, não deixe de provar o famoso pastel de camarão no Mercado Público.

Praias

Praia do Mar Grosso é uma das principais praias de Laguna, ela está cercada pelas casas e pistas de caminhada e bicicletas. Venta bastante no inverno e, especialmente, no fim da tarde. Ela faz divisa com a Praia do Gi, onde fica a Pedra do Frade. Para uma praia mais tranquila, uma boa dica é visitar a Praia de Itapirubá, com uma larga faixa de areia e 12 quilômetros de extensão. A Praia do Gravatá é bonita e exige uma boa disposição. É preciso atravessar o Molhes da Barra de balsa, e fazer uma boa caminhada, com direito a bastante subida, por uma trilha cheia de butiás, fruta famosa na região.

Fonte da Carioca

Se passear no centro histórico deu aquela sede, uma boa dica é visitar a Fonte da Carioca. Ela foi construída em 1863, e tem tanques revestidos de mármore, o que a deixa bem fresquinha na hora de beber. Há também a lenda de que, quem beber de suas águas cristalinas, tem o poder da juventude eterna e o retorno garantido à cidade. Ela fica localizada próxima a Igreja Matriz Santo Antônio dos Anjos.

Igreja Matriz Santo Antônio dos Anjos

Ela foi construída no ano de 1735 para substituir uma capela feita pelo fundador da cidade, Domingos de Brito Peixoto. A Capela do Santíssimo é toda folheada em ouro, e é considerada a mais bonita da arquitetura catarinense. Também são interessantes a imagem do padroeiro da cidade, que foi esculpida na Bahia, e a tela da Imaculada Conceição “La Madonna”, foi executada em Roma em 1856, pelo pintor Victor Meirelles.

Anita Garibaldi

Há duas construções importantes que levam o nome da heroína catarinense. O Museu Casa de Anita foi onde ela se vestiu de noiva para o seu primeiro casamento. A casa foi construída em 1711, resguardando a arquitetura da época, junto com pertences e utensílios de Anita, além de uma urna com terra de onde ela foi enterrada, na Itália.

O Museu Anita Garibaldi está localizado no prédio histórico onde foi assinada e proclamada a República Juliana, em 1839. A construção do local data de 1747, e também já foi Casa de Câmara e Cadeia. Também preservando a arquitetura, e conserva muitas peças com valor histórico. A mesa onde foi assinada a ata da República Juliana, o Sino do Povo, e outras coisas de época.

Memorial Tordesilhas

O Tratado de Tordesilhas, firmado como limite territorial entre Espanha e Portugal foi assinado em 1494, e estabelecia uma linha imaginária de 370 léguas a oeste do Arquipélago de Cabo Verde, que se estendia de Belém do Pará até Laguna. O monumento data de junho de 1975 como uma homenagem ao acordo.

Pedra do Frade

A Pedra do Frade é uma das atrações turísticas de Laguna. Ela tem nove metros de altura e está curiosamente inclinada sobre uma outra pedra. A grande questão é que não se sabe como essa pedra, que é retangular, foi parar naquela posição. Entre as teorias que a cercam estão a de que índios pré-históricos colocaram ali, há mais de 3 mil anos, ou ainda que foi obra de extraterrestres. Uma bem-aceita é a de que foi o marco inicial do Tratado de Tordesilhas. Ela fica localizada no final da Praia do Gi.

Um dos cartões postais de Laguna é a Pedra do Frade. (Foto: Udesc)
Farol de Santa Marta

O Farol de Santa Marta é, com certeza, a atração mais visitada de Laguna. Ele foi construído por franceses em 1891, e é o maior das Américas e considerado terceiro do mundo em alcance. O Farol possui 29 metros de altura. O acesso é proibido pela Marinha, mas o local é alvo de muitas fotografias e, especialmente, os selfies. A vista, com certeza, é inesquecível.

Praia do Farol de Santa Marta, um dos locais mais famosos de Laguna. (Foto: Jornal de Laguna)
Mercado Público

Próximo à Lagoa Santo Antônio dos Anjos, está localizado o Mercado Público. Ele foi inicialmente inaugurado em 1897, mas foi destruído por um incêndio. A construção atual data de 1957. O fundo do Mercado fica para a lagoa, e a vista ali é incrível. Um ótimo lugar para se ver o por do sol enquanto saboreia um delicioso pastel de camarão.

Ficou com vontade de conhecer Laguna? Então garanta suas passagens pelo Portal Rodoviariaonline e se divirta!

(por Daniela Farah)